José Manuel Fernandes.jpg

JOSÉ MANUEL FERNANDES

É licenciado em Engenharia Mecânica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (1978) e bacharel em Eletrotecnia e Máquinas pelo ISE/Instituto Industrial do Porto.

Em 1978 fundou o Grupo Frezite, sendo presidente do Conselho de Administração da FREZIGEST, SGPS, SA de 2005 a 2015.

Foi chefe de produção da CERLEI (até 1972), diretor e administrador da Metalúrgica Costa Néry e diretor-geral da MIDA (1974-1990). De 1987 a 1990, foi membro da direção da Exponor. Foi presidente da direção da Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal (1998-2004), membro da assembleia-geral do Europarque (1998-2009), vice-presidente da direção da CIP – Confederação da Indústria Portuguesa (2001-2004) e presidente da assembleia-geral da CIP – Confederação da Indústria Portuguesa (2004-2007), de que foi representante no Conselho Nacional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (2000-2002). Em 2008, coordenou a Missão Empresarial dos Bens de Equipamento à Venezuela, a convite do primeiro-ministro. Foi vogal do Conselho Geral e de Supervisão da EDP (2009-2013) e liderou a Comissão de Acompanhamento e Fiscalização no concurso de reprivatização dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, a convite da então Secretária de Estado, Maria Luís Albuquerque, em 2013.

Para além de presidente do Grupo Frezite, é atualmente presidente da assembleia-geral da AIMMAP - Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e Afins de Portugal, membro do Conselho de Curadores da Universidade do Porto, presidente do COPRE - Conselho Consultivo Pro-Economia do concelho da Trofa, presidente do Conselho Consultivo da AEP e presidente da Associação Empresarial do Baixo Ave.

Escreveu recentemente o livro Caminhos do Exportador – Estratégias de Internacionalização (Almedina - Actual Editora). Escreve artigos de opinião sobre economia e indústria no Expresso.